Nome. Vyridiana dos Desafortunados

Ano. 2015

Sinopse. 

 

A peça é uma transcriação do filme Viridiana de Buñuel. Uma espécie de trama engaiolada a um espaço múltiplo, composto por índices de uma casa e do vácuo-político administrado nas vias públicas. Móveis que andam conjugam a imobilidade prosaica de seu cotidiano, acrescidos à fantasia presente nos filmes de terror. O deslizar dos móveis indica uma tensão, que disputa o lugar de repouso dos espaços caracterizados pelo conservadorismo. Este espaço imóvel das relações patriarcais se confronta com a presença/ocupação de mendigos e vagabundos, trazidos para dentro da casa paterna pela filha Vyridiana: uma espécie de noviça que tenta arbitrar a distribuição das dádivas de sua cornucópia. Ao violar a fronteira entre nobiliarquia e marginalidade, precisa mediar e conciliar elementos socialmente conflituosos. Um quiprocó entre caridade e justiça social. O surrealismo presente abre um espaço de liberdade entre as determinações de classe e as possibilidades de escolha subjetiva, inserindo-se em uma plataforma onírica no jogo de xadrez das posições frente às tensões sociais.

Ficha Técnica. 

Direção

Thiago Reis Vasconcelos

Dramaturgia

Rogerio Guarapiran | Thiago Reis Vasconcelos

Elenco

Adonis Rossato | Alessandra Queiroz | Alex Rabello | Andrews Sanches | Danilo Santos | Deborah Hathner | Fabi Ribeiro | Flávia Ulhôa | Gabriela Jennifer |Giovanna Perasso | Martha Guijarro | Rafael Frederico | Rafael Graciola | Renata Adrianna | Ruth Melchior  | Suelen Moreira

 

Participaram do Elenco

José Abrão | Karina Pêra

Atrizes Pesquisadoras

Amanda Freire | Débora Xavier | Maristela Rodrigues

Direção Musical

Lucas Vasconcelos

Músicos

Bruno Miotto | Bruno Mota | Danilo Agostinho | Lucas Vasconcelos

Cenografia

Companhia Antropofágica

 

Figurino

Alfredo de Sá | Ruth Melchior

Iluminação

Rafael Frederico | Renata Adrianna

Treinamento Atuação Realista como Ferramenta Épica

Renan Rovida

Treinamento Bufão

Pedro Pires

Produção

Flávia Ulhôa | Maria Tereza Urias | Ruth Melchior

Operação de Luz

Rafael Frederico | Débora Xavier

Design Gráfico

Alan Siqueira

Registro Fotográfico

Alan Siqueira | Clayton Lima

Registro Audiovisual

Alan Siqueira | Clayton Lima | Haroldo Stein

2017 por Companhia Antropofágica. Todos os direitos reservados.